sábado, 27 de agosto de 2011

Governo brasileiro repudia ataque a prédio da ONU na Nigéria

Brasília – O governo brasileiro repudiouno dia  26 deste mês o atentado à bomba ao prédio que abriga escritórios da Organização das Nações Unidas (ONU) em Abuja, capital da Nigéria. Em nota, o Ministério das Relações Exteriores condenou o ato e prestou solidariedade às vítimas e seus parentes.

“O governo brasileiro expressa seu profundo pesar e solidariedade ao secretariado da ONU, aos funcionários da organização na Nigéria e seus familiares, reitera repúdio a todas as formas de violência praticadas sob qualquer pretexto”, informa o texto.

O edifício fica na mesma área da Embaixada dos Estados Unidos. Pelo menos dez pessoas morreram. O crime ocorreu por volta das 11h (7h em Brasília).
Com a explosão, o térreo foi destruído. Não há um número preciso sobre os feridos. A polícia isolou o local e iniciou as investigações. As informações preliminares indicam que a explosão do prédio ocorreu porque um carro-bomba foi estacionado em frente ao edifício. Mas não há detalhes.

Nos últimos meses, a Nigéria tem sido alvo de ataques à bomba de grupos radicais islâmicos. A polícia suspeita que o crime de hoje tenha sido cometido pelo grupo Boko Haram, mas não foram divulgadas mensagens nem reivindicações sobre a autoria do crime.

Historicamente, a Nigéria é marcada por inúmeras guerras civis. Os embates por questões políticas, étnicas e religiosas ocorrem no país há séculos. O atual presidente Olusegun Obasanjo foi eleito em 2003 em meio a um processo político tumultuado e suspeito de irregularidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário