terça-feira, 13 de setembro de 2011

Filho de Kadhafi recebe asilo no Níger

     Um dos filhos do líder líbio, Muammar Khadafi, recebeu asilo político no Níger. O governo havia confirmado que o país, vizinho à Líbia, permitiu a entrada de Saadi Khadafi por razões humanitárias e que ele está na capital, Niamey.
     Saadi teria entrado no Níger em um comboio com dez pessoas, procedente da Líbia. O carro foi interceptado pelas autoridades do país.
    Um comboio anterior, que cruzou o Níger na semana passada levando aliados de Khadafi, fomentou especulações de que o líder líbio, cujo paradeiro é desconhecido, poderia estar buscando refúgio no país vizinho. Mas as informações foram desmentidas pelo governo do Níger.
     Também houve rumores de que o primeiro comboio teria como destino Burkina Faso, outro país que poderia acolher Khadafi. O líder já anunciou que quer morrer na Líbia.
    A mulher de Khadafi, Saifa, e seus filhos Hannibal e Muhammad, buscaram refúgio na Argélia. A filha Aisha também está no país vizinho, onde deu à luz um dia após sua chegada.
    Duas semanas após a tomada de Trípoli, a maior parte da Líbia está sob controle do Conselho Nacional de Transição (CNT), que comanda as forças rebeldes. Mas militantes pró-Khadafi ainda controlam várias cidades, como Bani Walid e a cidade natal do líder foragido, Sirte, ambas sitiadas por tropas ligadas ao CNT.
    Ontem (11), forças anti-Khadafi retomaram os ataques que vinham promovendo contra Bani Walid, situada a 180 quilômetros de Trípoli, com o apoio de forças da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

Nenhum comentário:

Postar um comentário