quarta-feira, 10 de abril de 2013

Polícia prende Servidores da Prefeitura de Guamaré-RN

Katiúrcia Miranda de Fonseca - chefe de gabinete do prefeito de Guamaré, Hélio de Mundinho
       A juíza Cristiany Vasconcelos, da Comarca de Macau, confirmou que, um total de 14 prisões temporárias foram determinadas para servidores do alto e do baixo escalão em Guamaré, todas relacionadas à operação Máscara Negra, movida pelo Ministério Público Estadual, com o objetivo de desarticular esquemas de contratação fraudulenta de shows musicais nos municípios de Macau e Guamaré.
      Segundo a juíza, novas prisões não estão descartadas, mas é preciso acompanhar o resultado dos mandados de busca e apreensão, que estão em andamento nesta terça-feira.
Kaline Karen de Fonseca [filha do ex-prefeito de Guamaré, Auricélio dos Santos Teixeira, e que ocupa o cargo de Secretária de Turismo naquele município];
Tércia Raquel, secretária de Administração e Finanças de Guamaré;

     Os outro auxiliares do prefeito de Guamaré Hélio de Mundinho presos são: Kelly Margareth Miranda de Fonseca [ex-secretária de Turismo de Guamaré, e mulher de Auricélio Teixeira]; Gelsa Morais, tesoureira da Prefeitura de Guamaré;
        Só no ano passado, de acordo com a assessoria do Ministério Público, a prefeitura de Guamaré gastou mais de R$ 6 milhões em festividades, enquanto que a de Macau chegou à cifra de R$ 7 milhões entre 2008 e 2012. Esses gastos com contratações de bandas e serviços para festas compreendem mais de 90% do recebido em royalties no período e mais de 70% do recebido em FPM.
O ex-prefeito [Emílson de Borba Cunha, o Lula]'

      Ainda de acordo com o MP-RN, só em 2012 a prefeitura de Guamaré, onde o 'suposto grupo era liderado por parentes do ex-prefeito [Emílson de Borba Cunha, o Lula]', gastou mais de R$ 6 milhões em festividades.
       Já a prefeitura de Macau, onde o 'esquema tinha como líder o então chefe do Executivo municipal, os gastos entre 2008 e 2012 chegaram a R$ 7 milhões. A casa do ex-prefeito foi um dos locais onde os oficiais de Justiça cumpriram  os 53 mandados de busca e apreensão expedidos pelo juiz da Comarca de Macau.

Nenhum comentário:

Postar um comentário