quinta-feira, 23 de outubro de 2014

POLÍTICA

Justiça eleitoral concede mais 3 direitos de resposta a Robinson Faria para rebater inverdades de Henrique Alves.



O programa eleitoral da Coligação Liderados pelo Povo, do candidato a governador Robinson Faria (PSD), ganhou mais três direitos de resposta no programa eleitoral da Coligação União pela Mudança, do candidato Henrique Alves (PMDB). 

Ao todo serão 6 minutos divididos no Rádio e na Televisão, de acordo com a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). As decisões se referem a uma representação interposta pelo ex-coordenador estadual de Infraestrutura Hídrica, Lindolfo Vidal Neto e a outra pela própria Coligação Liderados pelo Povo. 

O TRE entendeu que o programa eleitoral de Henrique Alves veiculou inverdades quando disse que Robinson Faria e Lindolfo Vidal, quando o primeiro era secretário de Recursos Hídricos e o segundo coordenador de Infraestrutura Hídrica, só perfuraram um poço, e que "tudo o que se sabe de Lindolfo é que se trata de um ex-bancário, que sequer dava expediente". 

O programa eleitoral de Henrique Alves foi punido também por alusão de forma pejorativa ao pai de Lindolfo – ex-deputado Luiz Antonio Vidal – como que "uma espécie de coronel do Agreste e mentor político de Robinson" e por dizer se referir a Lindolfo como "ex-bancário". Lindolfo é engenheiro civil, com qualificações técnicas para o cargo e cumpria expediente na Secretaria. 

Em cada decisão foi proibida a veiculação do tema em questão, sob pena de multa de R$ 10 mil para cada divulgação.

Fonte:Blog do Clodoeudes

Nenhum comentário:

Postar um comentário